O conceito de lugar na análise e projeto da paisagem urbana

O MISTÉRIO DO DESIGN DOS JARDINS CHINESES REFLETIDOS NO SUNKEN GARDEN TUMO PARQUE REVELA COMO TOPOGRAFIA PODE SER PENSADA EM ARQUITETURA PAISAGÍSTICA OS PRINCÍPIOS DE GEHL ARCHITECTS PARA QUE AS CIDADES SEJAM MAIS HABITÁVEIS

Paes entrega trecho entre a Praça Quinze e Museu Histórico Nacional

 

201605291415195582-1                  Vista a partir do restaurante Ancoramar, na Praça Marechal Âncora – Custódio Coimbra / Agência O Globo

 

RIO— A maioria dos tapumes do trecho entre a Praça Quinze e o Museu Histórico Nacional, no Centro, deu lugar a bancos, canteiros de plantas e a melhor visualização dos prédios históricos do entorno. Na manhã deste sábado, o prefeito Eduardo Paes entregou o espaço, que é mais uma parte da Orla da Guanabara Prefeito Luiz Paulo Conde.

— Essa área junta a arquitetura do Rio com paisagens naturais, é um reencontro do Brasil com a sua história. Um programa imperdível. Queremos que os cariocas visitem, nós perdemos esse hábito de frequentar o Centro — disse o prefeito.

Lateral à Praça Quinze há um caminho para pedestres e ciclistas que leva até à Praça Marechal Âncora. O local, que beira a baía e tem o restaurante Ancoramar (o antigo Albamar), foi revitalizado e interligado à nova Praça da Misericórdia, logo à frente, por uma passagem por baixo da via expressa.

Paes não falou em prazos para a entrega do Túnel da Via Expressa, responsável por um dos tapumes restantes na praça Quinze, mas afirmou que a obra estará pronta daqui a duas ou três semanas. Depois, será a vez dos trechos restantes da orla, entre o Primeiro Distrito Naval e a Bolsa de Valores.

O prefeito caminhou da Praça Quinze até à Marechal Âncora e parou para assisitir as apresentações culturais durante o percurso. Entre as elas, a de grupos como o afroreggae, dançarinos e artistas circenses. Pernas de pau e uma banda também circulavam pelo local.

A inauguração contou com a presença da víuva do ex-prefeito Luiz Paulo Conde, Rizza Conde. A orla que o homenageia irá interligar a Praça Quinze ao Armazém 8. O percurso terá 3,5 quilômetros e a integração de nove praças.

O inspetor Gabriel Rocha aproveitou para andar de skate na Praça Marechal Âncora, em frente ao restaurante Ancoramar.

— Ficou muito legal. Só acho que poderiam ter feito mais intervenções artísticas, que trouxessem mais estilo às praças — disse.

Já a administradora de imóveis, Mônica Vasconcellos demonstrou preocupação com a segurança do local:

PUBLICIDADE

— Não gostei. Vai ser um espaço para os marginais porque não tem policiamento. Os bancos vão virar dormitório de moradores de rua — afirmou.

Sobre a questão de segurança e policiamento, Paes disse esperar que a polícia atue no local:

— A prefeitura está cumprindo a sua parte, urbanizando, colocando luz. Nós confiamos na polícia para agir aqui e impedir que esse seja um espaço que espante as pessoas. E quanto mais gente temos no espaço, menos o problema de violência — concluiu.

Fonte: http://oglobo.globo.com/


Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro!
Inscreva-se agora no nosso Newsletter:
Arquivo