O conceito de lugar na análise e projeto da paisagem urbana

O MISTÉRIO DO DESIGN DOS JARDINS CHINESES REFLETIDOS NO SUNKEN GARDEN TUMO PARQUE REVELA COMO TOPOGRAFIA PODE SER PENSADA EM ARQUITETURA PAISAGÍSTICA OS PRINCÍPIOS DE GEHL ARCHITECTS PARA QUE AS CIDADES SEJAM MAIS HABITÁVEIS

pedestres

The Underline, o parque linear de 16 km que será construído sob o metrô de Miami

O metrô de Miami conta com duas linhas de 40 km de extensão e 23 estações. Como se trata de um metrô de superfície, apresenta espaços livres sob sua infraestrutura que, em certos trechos, foram aproveitados para a construção de ciclovias.

No entanto, o desenho destas ciclovias são é mais eficiente, tampouco seguro, apresentando diversas curvas, grandes cruzamentos, pouca distinção dos espaços destinados a ciclistas e pedestres, falta de sinalização e iluminação e pontos cegos, entre outros inconvenientes mostrados no vídeo acima.

CONTINUE LENDO

Posts relacionados:

Por que as passarelas peatonais não favorecem os pedestres?

pasarela-peatonal-vespucio-sur-google-maps

Faixas de pedestres no nível das calçadas ou passarelas elevadas?

A decisão tomadas pelas autoridades das cidades podem ser respaldadas por uma pesquisa feita pelo Instituto de Políticas para o Transporte e Desenvolvimento do México (ITDP), na qual justifica a melhor opção de acordo com dois fatores: o primeiro corresponde a relação entre a velocidade e segurança viária, e o segundo, a acessibilidade e o desenho urbano.

CONTINUE LENDO

Posts relacionados:

7 espaços públicos de Paris que serão remodelados para acolher pedestres e ciclistas

plaza-gambetta-fuente-ayuntamiento-de-paris

Os projetos urbanos de Paris nos últimos anos têm chamado a atenção internacional. Isto porque as propostas estão orientadas segundo um paradigma de mobilidade urbana sustentável, isto é, centradas nas pessoas, ciclistas e transporte público.

Por isso, propostas como a ampliação dos espaços públicos nas margens do rio Sena, a criação de mais Zonas 30, a remodelação da avenida Champs-Élysées e o Plano de Bicicletas 2015-2020, que pretende transformar a cidade “na capital mundial do ciclismo”, estão se tornando modelos a serem seguidos.

CONTINUE LENDO

Posts relacionados:

Como planejar a cidade ideal para os pedestres

Com o desenvolvimento das metrópoles, os automóveis e edifícios invadiram as ruas e criaram problemáticas para o convívio com os pedestres. Pensando na resolução desse impasse, a Associação de Pesquisa Urbana e Planejamento de São Francisco (SPUR), nos Estados Unidos, listou sete itens que resultariam na melhoria da qualidade de vida urbana e privilegiariam quem está a pé.

CONTINUE LENDO

Posts relacionados:

“A arrogância do espaço”: A distribuição desigual do espaço público em relação aos pedestres, ciclistas e automóveis

A distribuição desigual do espaço público, em relação aos pedestres, ciclistas e condutores de automóveis, é um assunto que o especialista em mobilidade urbana, Mikael Colville-Andersen, qualifica como “a arrogância do espaço”. Do ponto de vista desse planejador urbano e fundador do Copenhagenize, este termo pode ser aplicado às ruas que são dominadas pela engenharia de trânsito do século passado, isto é, aquelas que estão planejadas prioritariamente para os automóveis.

CONTINUE LENDO

Posts relacionados:

Fique por dentro!
Inscreva-se agora no nosso Newsletter:
Arquivo